Qual a diferença entre “internet” e “Wi-Fi”?

Embora os termos sejam frequentemente usados como sinônimos, “internet” e “Wi-Fi” não são a mesma coisa. Desde que possam ficar on-line, a maioria das pessoas desconhece a diferença entre os dois – e, na maioria dos casos, tudo bem.

Mas se você está em busca de uma conexão consistente para todos os dispositivos da casa, entender o que os separa e como o Wi-Fi funciona pode ajudar a melhorar sua experiência on-line.

A internet é um sistema global de redes de computadores que liga redes privadas, públicas, comerciais e governamentais a uma vasta fonte de informações e de serviços. A primeira versão, ainda rudimentar, do que se tornaria a internet foi encomendada pelo governo dos Estados Unidos na década de 1960, com a intenção de criar um sistema de comunicação entre determinadas universidades. A primeira mensagem – LOGIN – foi enviada por linhas telefônicas alugadas da ARPANET, em 1969.

Mesmo que fazer login ainda seja uma parte importante da vida on-line, esses primeiros cientistas da computação nunca poderiam prever uma internet pública, que vincula amigos e familiares por e-mail ou Facebook, ajuda pessoas a obter um diploma sem colocar os pés na sala de aula, aboliu o horário comercial de trabalho, permite fazer compras 24 horas por dia e transformou o romance em uma série de deslizes na tela e de piscadas eletrônicas.

A internet é o sistema fisicamente seguro em cabo e fibra, que fornece todos esses serviços – até a internet via satélite depende de fibra para transmitir sinais da internet de e para as estações terrestres.

Já o Wi-Fi, por outro lado, é a tecnologia sem fio que a maioria de nós agora usa para acessar a internet.

A Universidade do Havaí concluiu a primeira transferência de dados sem fio em 1971, usando ondas de rádio de frequência ultra alta para conectar sete computadores entre as ilhas havaianas. Mas foi quase 15 anos depois, quando a Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos liberou bandas para uso não licenciado, que o caminho para a criação do Wi-Fi atual foi aberto. A WiFi Alliance, estabelecida em 1999, garantiu padrões uniformes a serem seguidos em todo o mundo.

O Wi-Fi nos libertou dos cabos Ethernet, das mesas de trabalho e mesmo dos escritórios, e abriu caminho para a Internet das Coisas (IoT) – a tecnologia conectada que está rapidamente remodelando nosso dia a dia.

Elena Slavoski

Blog Recente